Arts

Vivente Andante traz conversas que fluem sobre arte e cultura pelas ondas sonoras de um mar abstrato. Viver é trocar conhecimento, escutar, aprender e partilhar. Um programa canalizado através do jornalista Alvaro Tallarico.

January 1, 2020

A dança e o teatro da Cosmogonia Africana - A Visão de Mundo do Povo Iorubá. Ana Catão fala sobre o espetáculo e a dança como arte.

Cosmogonia Africana - Visão de Mundo do Povo Iorubá é um espetáculo teatral de dança focado na mitologia negra, especificamente Iorubá. A ideia e concepção é de Ana Catão, pesquisadora, bailarina, professora e coreógrafa na área de danças afro-brasileiras. Após assistir uma palestra de Marcelo Monteiro sobre Cosmogonia Africana, apaixonou-se e resolveu fazer um espetáculo em cima daquilo que viu e ouviu. Começou a estudar mais a fundo o universo iorubá e pesquisar. Começou essa ideia em 2014, contudo, somente em 2017 o projeto conseguiu ser contemplado em um edital e finalmente pôde começar a virar realidade. Procurou transformar a dança de cunho religioso em um formato contemporâneo, de maneira que contasse uma história. Aninha descobriu que estava grávida na mesma época que ganhou o apoio para o projeto.

A luta para valorizar a cultura negra e contra a discriminação racial é a missão do espetáculo. Aninha Catão fala também sobre o teatro resistindo e mostrando a força negra a partir da ocupação dos espaços.

“Oficina de Dança Afro-Brasileira com Ana Catão” é um projeto que busca trabalhar a dinâmica dos movimentos corporais, através da gestualidade trazida pela dança afro. Ainda por cima visa conscientizar a respeito da importância da representação da cultura negra, oriunda dos povos africanos, para a formação da identidade brasileira. A oficina tem como principal abordagem a dança contemporânea inspiradas nos Orixás do candomblé, respeitando a relação do Brasil com as divindades africanas através de suas histórias e mitos. Busca dialogar com outras danças afro-brasileiras nas suas movimentações e gestos. Essa é a base do que acontece no espetáculo Cosmogonia Africana - Visão de Mundo do Povo Iorubá que conta com elenco e equipe de produção quase 100% negra.

// Apresentação e roteiro: Alvaro Tallarico /// Edição: Rico Moraes /// Música de abertura e fechamento: 2 na praça - Da Praça /// Siga @viventeandante nas redes sociais /// Visite www.viventeandante.com

More episodes

Load more

Podbean App

Play this podcast on Podbean App