Arts

Vivente Andante traz conversas que fluem sobre arte e cultura pelas ondas sonoras de um mar abstrato. Viver é trocar conhecimento, escutar, aprender e partilhar. Um programa canalizado através do jornalista Alvaro Tallarico.

January 22, 2020

Mayra Itaborahy e a receita para falar de amor e polêmica. Advogada de direitos autorais e cantora.

Mayra Itaborahy cresceu ouvindo histórias musicais. Desde o bisavô que foi professor de música de Ary Barroso, passando por um avô radialista e músico, chegando ao pai, um de seus parceiros nas composições. Aqui ela conta um pouco de sua vida, do trabalho como advogada de direitos autorais e a paixão pela música. Assim como pela gastronomia. 

Mayra Itaborahy tem influências de compositores como Noel Rosa, Assis Valente, Cartola, Nelson Cavaquinho, Chico Buarque, João Bosco, Tom Jobim, Paulinho da Viola, Guinga, Paulo Cesar Pinheiro, Aldir Blanc, Jorge Simas, Paulo Cesar Feital, e outros.

Em seu disco de estreia, "Quem Convidou”, a artista interpretou estilos como samba, choro, xote, fox e bolero. Mayra participou de festivais como o Festival Nacional da Canção, em Minas Gerais, e os Festival de Música das Rádios EBC (Rádio Nacional Rio e MEC). Além disso, atuou também no espetáculo musical “Tem Malandragem na Lapa”, uma adaptação livre de “Ópera do Malandro”. A artista costuma se apresentar em shows autorais ou rodas de samba e comanda o grupo Sambalá, na voz e violão. Seu último single "Nossos Mil Volts" é uma homenagem ao namorado, aqui ela explica.

Apresentação e Roteiro: Alvaro Tallarico /// Foto: Alvaro Tallarico /// Edição: Rico Moraes /// Música de abertura e fechamento: 2 na praça - Da Praça /// Siga @viventeandante nas redes sociais /// Visite www.viventeandante.com

 
 

More episodes

Load more

Podbean App

Play this podcast on Podbean App